O título deste post é nome de um livro encantador de psicologia, sobre a teoria humanista de Carl Rogers. Já postei, inclusive, algumas frases aleatórias tiradas de lá. O processo de autoaceitação, de entrega e respeito por si é claramente vivenciado num processo de autoconhecimento como o do coaching. Não sei se você sabe, eu sou coach e minha primeira formação foi em psicologia e o que mais me encanta é ver você desabrochando em sua vida (profissional e pessoal). Quando escolhi trabalhar com o coaching eu tinha em mente te ajudar na sua caminhada de tornar sua vida mais cheia de próposito, através da sua carreira. Junto a isso, eu fui me especializando cada vez mais em maneiras de comunicação e já atuei como consultora de imagem, que me deu base para compreender o quanto a maneira como você se posiciona, vai além do que você diz, posso garantir que a consultoria de imagem é um processo de tornar-se, de redescobrimento, encontro, conhecimento, entendimento de si, do próprio corpo e da própria imagem, claro. Da mesma forma que devemos controlar o que dizemos em palavras, podemos controlar o que falamos com o que escolhemos usar em nós, no nosso corpo. Moda é comunicação e das mais sinceras e pode ser uma ótima ferramenta. Aprender sobre sua própria linguagem corporal e visual, te torna única e potencialmente criativa e independente para ser quem você é e transmitir isso à quem desejar. Imagine só: Você sabe o caminho para alcançar seu objetivo e sabe como expressar seus talentos de todas as formas.

 

Voltando a falar sobre o título desse texto ‘tornar-se pessoa’, a principal ideia que te trago aqui é que todos os dias você se constrói, todos os dias você escolhe se vai ficar mais 30 minutos na cama e depois sai correndo atrasada e não consegue pensar direito em como vai se apresentar, perdendo a oportunidade de sentir-se bem. Todos os dias você escolhe ser quem você é ou tem a opção de decidir encarar os medos de frente e aprender novas formas de agir e viver. Todos os dias você pode escolher tornar-se quem quer ser e isso é desafiador, isso traz a oportunidade de conquistar seus planos. Por isso eu te faço uma pergunta: Quais as atitudes que você precisa ter (e que anda evitando e deixando pra depois) que te levarão para o seu próximo nível?

Escreva pelo menos 5 atitudes, comportamentos, ações, habilidades… que você PRECISA começar e coloque prazos para cada uma.

Exemplos: talvez você precise começar a levantar 15 minutos antes para meditar, ou você precise organizar o que vai vestir um dia antes para não ficar dependente do humor da manhã, pode ser que você precise buscar ajuda para ter mais clareza de como chegar à um objetivo profissional, ou até uma ajuda para compreender melhor como demonstrar seus talentos de forma mais assertiva, quem sabe é a matricula na academia que está faltando…

O hábito de decidir conscientemente e com intenção como você quer ser de hoje em diante, te dá mais força e te mostra diversas possibilidades que só dependerão dos ajustes que você mesma quiser fazer. Como diz o meu mentor Gerônimo Thelm, ‘Eu sou causa, não sou consequência!’.

 

 

Facebook Comments
Recommended Posts

Deixe um Comentário