Todas nós temos um conjunto de regras, regras essas que limitam ou aumentam as chances de nos sentirmos felizes, bonitas, competentes, saudáveis, inteligentes, bem vestidas… O que mais acontece é que, geralmente, nossas regras facilitam para nos sentirmos mal e dificultam o nosso bem estar. No dia que eu descobri isso, eu tratei logo de mudar minhas regras, com intenção, de maneira que pudesse mudar a maneira como avaliaria a mim, ao que me acontecia e aos outros.

Tem um trecho do livro ‘Desperte seu gigante interior’ do Tony Robbins (considerado o maior coach do mundo), que ele conta a história de uma menina conversando com o seu pai. Na ocasião ela perguntava para o pai por que as coisas tendem a ficar mais desarrumadas do que perfeitas e explica: “hoje pela manhã eu arrumei a minha mesa e agora ela está bagunçada, por que isso sempre acontece?”, pergunta ela. O pai, faz vários testes, pega a caneta e coloca em outro lugar, coloca o livro em outro lugar, e sempre pergunta para a menina: “e agora?, como está?” e a resposta dela é sempre: “está desarrumado”. Até que o pai dá a explicação matadora, a menina tem várias maneiras de deixar desarrumado e apenas um meio para deixar perfeito. UAU! Consegue perceber que é assim que agimos na nossa vida? Vamos ao teste:

  • O que precisa acontecer para você sentir-se amada?
  • O que precisa acontecer para você sentir-se bem vestida?
  • O que precisa acontecer para você sentir-se inteligente?
  • O que precisa acontecer para você sentir-se competente?

Observe as suas respostas, você provavelmente tem um ou dois modos de fazer, quem sabe três (o comum é que a gente tenha um modo apenas).O que significa que, se não acontecer assim, infelicidade na certa, ou seja, duas maneiras de ser feliz e infinitas de não ser, de você não se sentir amada, bonita, inteligente, competente…

Uma das melhores formas da gente começar a virar esse jogo é mudar as nossas respostas, ou seja, as nossas regras, de maneira consciente, com a intenção e noção de que, alterando isso, traremos mais felicidade. Mudar as suas regras está no seu controle. Então, agora fica a atividade: Além de responder, com as novas regras, as perguntas de cima, responda essas também:

  • O que precisa acontecer para você sentir-se grata?
  • O que precisa acontecer para você se amar mais?
  • O que precisa acontecer para você parar de procrastinar e começar a agir?
  • O que precisa acontecer para você deixar a preguiça de lado e começar a cuidar mais do seu corpo?
  • O que precisa acontecer para você cuidar mais de você?

Eu precisava dividir com você esse novo olhar que recebi ao ler esse trecho do livro e torço para que a sacada seja transformadora para você. Bora viver?

Facebook Comments
Outros Posts

Deixe um Comentário