Não sei se você respondeu a pesquisa que está rolando ao se inscrever no meu Workshop Viver Bem vestida. Mas uma coisa tem me chamado a atenção, de maneira positiva, a mulherada está afim de surpreender. Palavras como impactar, transmitir competências, reconhecimento… estão no top 10 desejos. Não é de espantar, mas é maravilhoso ver que hoje em dia falamos disso mais abertamente e assumimos nossa vontade. A consequência a longo prazo só poderá ser positiva: mulheres mais confiantes, bem vestidas (da maneira que desejam) e de sucesso.

No meu trabalho como coaching eu ajudo cada cliente a conseguir o que deseja, seja profissional ou pessoal, a mulherada está tomando conta dos meus atendimentos (e também tem culpa minha, eu amo atender mulheres). Já no meu curso de consultoria de imagem, é incrível ver como cada uma se liberta, se encontra e passa a se relacionar com o vestir de outra maneira, sem modismos, sem julgamentos… esse casamento de coaching com consultoria de imagem não poderia ser melhor: eu te ajudo a chegar lá e você estará pronta pra isso (literalmente e metaforicamente falando), por isso, arrume-se!

O que você precisa saber para surpreender mais? Parece clichê, mas eu queria te fazer outra pergunta para responder essa: Na hora da tomada de decisão, seja da roupa para a reunião/evento/dia a dia, de responder sim ou não para o chefe/cliente, de mudar ou não de carreira ou de área… aquele momento que rola aquela dúvida se você está bem o suficiente, preparada, bonita, competente, segura… sabe esse momento? Que a dúvida impera e você não sabe se vai ou se fica e quer agradar a todos, perdendo a noção da sua real escolha, a feita por você e seu gosto, eu te sugiro que pergunte para si mesma assim: “Se eu estivesse sendo eu, o que eu escolheria?” – Surpreender é ser autêntica e para isso você precisa saber o que você gosta, quer, deseja, curte… ou seja, se você for você mesma, diferente, única, você irá surpreender.

UAU! Você consegue perceber o poder dessa pergunta?

Na próxima parada em frente ao armário, quando não souber mais quem é você, faça essa pergunta para si e veja a resposta acontecer. Vale também para as escolhas da vida.

Eu já disse e repito: Eu amo poder ajudar mulheres a impactarem, a encontrarem sua melhor versão, a vestir o que amam, a criar a marca pessoal com verdade… E para tudo isso, essa pergunta se aplica, ainda mas quando estamos um pouco perdidas e sem saber o que fazer. O meio, as opiniões alheias, a cultura, mexe com nossa visão e as vezes uma pergunta simples e direta pode fazer uma revolução, só depende da sua resposta e da sua ação.

No nosso workshop semana que vem eu vou trazer dicas e perguntas revolucionárias para você que deseja passar confiança e credibilidade em seus looks e usar seu guarda-roupas como ferramenta para ascensão profissional. Até lá!

 

 

Facebook Comments
Outros Posts

Deixe um Comentário