Recentemente me peguei anotando tudo o que ando percebendo de diferente, no mundo, nos dias de hoje, sejam hábitos, valores, modismos, ideias, valorizações excessivas ou justas e, percebi que dá pra tirar proveito disso na hora de se descobrir, já que em algum lugar a gente sempre se encaixa. Por exemplo: Novas oportunidades profissionais surgem a todo momento e, estamos cada vez mais buscando nosso propósito de vida, o que, consequentemente, nos deixará mais realizados e felizes, nos permitindo repensar o que estamos fazendo e, se for o caso, mudar e seguir nova carreira. O que antes era impensável e visto como loucura: “Como assim você não quer fazer concurso público e ter o emprego garantido para sempre?”. Já hoje, para a uma grande parcela dos profissionais, loucura seria ter que estar ali, no mesmo lugar, para sempre.

Visto isso, entende-se por que o coach está tão em alta. Os desejos de mudança, não só na carreira, mas de hábitos, estão em evidência e, este pode ser um desejo seu também. Falo por experiência própria. Quando me vi sentada todos os dias no mesmo lugar, com as mesmas pessoas, percebi que não queria mais estar ali e que eu podia mais. Acho que de tanto pedir, a vida foi e mexeu os pauzinhos “Pronto querida, ou vai ou fica aí reclamando”, não pensei 2 vezes e fui… beijos, tchau… Foi difícil? Nem tanto! Meu propósito estava gritando mais alto.

Daí, passo para uma grande aliada, com quem converso todos os dias, a gratidão. Agradecer o que tem, por poder estar aqui, sonhando, tentando, errando e acertando. Junto, vem a psicologia positiva e fala: “Vamos parar de só querer consertar, vamos valorizar o que todos temos de bom!” E, pimba, evidenciamos esse estado de espírito tão desejado, a felicidade.

Podemos ser realizados profissionalmente, podemos valorizar nossos pontos fortes, queremos ter saúde e estar lindas, de preferência ao natural. Estamos na era da saúde, do bem-estar físico e psicológico e da beleza natural, valorizando as diferenças. Época que os cabelos estão recebendo alforria das escovas, os seios pedem naturalidade e perde-se a vontade de ser turbinada. “Quero ser feliz como sou, como vim ao mundo!” Claro que, no que pudermos ter uma ajudinha, ela será bem vinda, mas sem exageros. Não a toa o ramo de estética e beleza continua crescendo ano após ano, mesmo em tempos de crise.

Hummm… a crise! Tempos de escassez. Queremos paz, queremos poupar o meio ambiente, não queremos gastar com o que não vale a pena, com coisas descartáveis, estamos mais conscientes. E, as marcas começam a ser mais sustentáveis, ganhando seguidores fiéis à causa.

Tem muitos assuntos para pauta, mas dá para encerrar por aqui. Já deu para vocês entenderem que temos itens para todos os gostos e estilos. Se você estiver antenado, nem que seja um pouco, sobre cada ponto citado e as relações entre eles, dá pra você dizer onde se encaixa e, é aí que você começará à mostrar ao mundo sobre o que acredita e onde quer estar, daqui a 1, 5 ou 10 anos…

Mas o que tudo isso tem a ver com consultoria de imagem? É simples! Sua imagem vai além da maneira como se veste, se comporta e se está com o corpo desejado, ela é formada, também, pelo seu valor, seus questionamentos e visões de mundo. Você é produto do que te cerca, dos seus valores, familiares, amigos, ambientes e estudos. Não vamos nos limitar aqui apenas à imagem visual, vamos além!

Facebook Comments
Recommended Posts

Deixe um Comentário